Artistas

 

Samba Sem Fronteiras

O grupo fundado há 6 anos e radicado no Porto, lançou em Setembro passado o seu 1º disco de originais. Nos últimos anos têm percorrido o país com centenas de concertos e conquistado o público. 2018 foi ano de consolidação do seu trabalho (considerado pela Revista Time Out um dos melhores discos portuenses de 2018), com a gravação dos 10 temas do disco nos Estúdios Sá da Bandeira, de entre os quais se destacam os singles “Gentrificasamba” e “Na Palma”

Facebook

► Site 

► Álbum youtube

NTS

NTS, diminutivo de “Não Tem Significado”, reúne as mais certeiras “skills” e capacidades de improviso que o destacam no panorama musical nacional. 10 anos depois de lançar o seu primeiro single, seguido de 3 EP’s e um álbum, apresentou no início de 2018 os singles “Nova Gera” e “Gota de chuva”, e mais recentemente o single com respectivo videoclipe “Como Todos Fazem”, que antevê um 2019 cheio de novidades.

► Facebook

► Youtube

► Videoclipe “Como Todos Fazem”

Kaines

Após conquistar variados prémios em competições de hip-hop, Kaines lançou em 2015 o seu álbum de estreia, “Amanhã + Forte“. Com mais de meio milhão de visualizações de vídeos no seu canal Youtube e muitos fãs de norte a sul do país, Kaines começa a consolidar a sua presença no panorama do hip-hop nacional. “Contigo Sem Ti” é o single de avanço do próximo trabalho, I.R.I.S.

► Facebook 

Videoclipe “Contigo Sem Ti”

► Álbum “Amanhã + Forte”

malcontent

Um “power trio” que arrasta guitarras por caminhos que conciliam o ruído e a harmonia. Com Sérgio Costa (voz e guitarra), Filipe Pereira (bateria e percussão) e Jorge Oliveira (baixo e distorção), os malcontent são distorção em estado puro. Acabaram de lançar o novo disco: “This Is The Violence Of Institutions”.

Em Portugal há poucas boas bandas que fazem bem o som dos malcontent. E o que é um som como o dos malcontent? É um noise psicadélico negro, pintado nos tons gris do urbano-industrial a preto e branco.” In Tracker Magazine

► Facebook

► BandCamp

► Youtube

Inevitável

O título do disco “Inevitável” dá nome a este projecto, em que Gileno Santana convida o guitarrista Henrique Neto para o acompanhar. São interpretados temas inspirados no samba e chorinho, criando uma sonoridade única e contagiante. O encontro feliz entre o trompete e a guitarra no profundo som do Brasil.

► Facebook

► Vídeo “A Nossa”

Ciranda

Novo projecto do trompetista Gileno Santana juntamente com a acordeonista Inês Vaz. Uma união entre o popular e o erudito, em que a melodia do som puro do trompete se encontra com a riqueza harmónica e rítmica do acordeão. Um som que evoca e entoa a alma da cultura portuguesa, com toda a sua essência.

► Facebook 

► Vídeos: “Café da Sãozinha” | “Portuguesinha”