Artistas

 

Samba Sem Fronteiras

// música popular brasileira; Porto //

O grupo fundado em 2012 e radicado no Porto, apresenta em 2022 o 2º álbum de originais, em jeito de comemoração dos 10 anos de carreira. Nos últimos anos tem percorrido o país com centenas de concertos e conquistado o público. Do 1º disco lançado em 2018 ficam na memória os singles “Tira a mão do celular” e “Gentrificasamba“.

O Gringo Sou Eu

// rap alternativo; Porto //

Frankão, O Gringo Sou Eu, tem como formação espontânea o convívio na periferia e favela brasileira. Observador inquieto, em Portugal desde 2010, resolveu criar este projecto de letras inspiradas na sua visão do mundo, de beats fervorosos e linhas simples. Frankão actua também na educação artística, formando colectivos musicais com crianças e jovens, desde as comunidades do Rio de Janeiro até aos bairros sociais portugueses. Enquanto músico, para além de O Gringo Sou EU, é pandeirista e back vocal dos Samba Sem Fronteiras e percussionista dos HHY & The Macumbas. No final de 2020 apresenta-nos o seu novo trabalho, “Sente o Peso”.

Vargaz

// música brasileira; Porto //

Cantor, guitarrista e compositor nascido no sul do Brasil, Felipe Vargas reúne um repertório que mistura ritmos brasileiros com a música do mundo. Como músico ao vivo, apresenta-se fazendo uma viagem pelo Brasil através do seu estilo favorito, o samba rock. Em diversas formações, desde solo até sexteto, Vargaz diverte e reflecte as diversas faces da música brasileira, com a sua voz e estilo tão particulares. O próximo trabalho, “Maravilha”, será apresentado em breve.

Zoe Mazah

// reggae-soul; Berlim/Matosinhos //

A cantora e compositora Zoe Mazah, de origem liberiana e alemã, e com os seus músicos sediados em Matosinhos, está disponível para concertos em Portugal em 2022.
Com uma longa carreira no reggae internacional, Zoe traz-nos músicas carregadas de emoção, que através da sua voz única, conseguem chegar até nós de uma forma tão suave quanto incisiva. Uma mistura de uma herança europeia e africana, com a energia do roots-reggae e sons de nu-soul e dub.

Kaines

Kaines // hip-hop; Matosinhos //

Após conquistar variados prémios em competições de hip-hop, Kaines lançou em 2015 o seu álbum de estreia, “Amanhã + Forte“. Com mais de meio milhão de visualizações de vídeos no seu canal Youtube e muitos fãs de norte a sul do país, Kaines começa a consolidar a sua presença no panorama do hip-hop nacional. “Contigo Sem Ti” e “Nevoeiro” são os singles de avanço do próximo trabalho, I.R.I.S.

Al Mouraria

// fado – world music; Algarve //

Guitarra portuguesa, viola acústica, contrabaixo, acordeão, sopros, percussões e duas excelentes vozes femininas constituem os Al Mouraria, grupo de fado do Algarve.

Com 17 anos de existência, Al Mouraria tem abordado o fado de diferentes formas, aliando o tradicional ao inovador, e proporcionando momentos únicos nos seus espectáculos ao vivo. Janeiro de 2021 é tempo de conhecer o novo trabalho do grupo, que conta com a participação de mais de 20 artistas nacionais.

Inevitável

// world music; Porto-Brasil //

O título do disco “Inevitável” dá nome a este projecto, em que Gileno Santana convida o guitarrista Henrique Neto para o acompanhar. São interpretados temas inspirados no samba e chorinho, criando uma sonoridade única e contagiante. O encontro feliz entre o trompete e a guitarra no profundo som do Brasil.

 

Ciranda

// world music; Porto-Lisboa //

Novo projecto do trompetista Gileno Santana juntamente com a acordeonista Inês Vaz. Uma união entre o popular e o erudito, em que a melodia do som puro do trompete se encontra com a riqueza harmónica e rítmica do acordeão. Um som que evoca e entoa a alma da cultura portuguesa, com toda a sua essência.